A alergia ao leite de vaca, ou a alergia à proteína do leite de vaca, é uma alergia comum na infância que afeta entre 2-7% dos bebés com menos de um ano. Os sintomas podem surgir de imediato, ao longo do dia ou alguns dias depois do consumo do leite. Embora seja preocupante, a maior parte das crianças supera a alergia ao leite de vaca por volta dos 5 anos.

Sintomas de alergia ao leite de vaca

O leque de sintomas associados à alergia ao leite de vaca é muito variado e pode incluir:

  • Erupções cutâneas com comichão e vermelhidão
  • Inchaço de lábios, rosto e olhos
  • Vómitos
  • Diarreia
  • Obstipação
  • Nariz congestionado ou entupido
  • Dores de barriga
  • Um aumento de eczemas pode ser sinal de uma reação retardada ao leite de vaca

A maior parte das reações são moderadas, mas pode suceder que a alergia ao leite de vaca provoque um choque anafilático. Estes sintomas incluem pieira, falta de ar, inchaço da garganta ou da língua, perda de consciência e debilidade. Se suspeitar que o seu filho tem uma alergia ao leite de vaca, é preferível consultar um profissional de saúde.

O que provoca alergia ao leite de vaca?

Em algumas pessoas, o sistema imunitário identifica certas proteínas do leite como perigosas e liberta anticorpos de imunoglobulina E (IgE) para neutralizá-las. Estes anticorpos também comunicam ao seu sistema imunitário que liberte histamina e outros produtos químicos, o que na realidade provoca sintomas indesejáveis de alergia. Os dois principais tipos de proteínas no leite de vaca que causam alergias são a caseína e o soro de leite. A caseína encontra-se na parte do leite que coalha e o soro de leite encontra-se na parte líquida remanescente. O seu bebé pode ser alérgico só a uma proteína ou às duas. Importa saber que, se o seu filho tiver uma alergia ao leite de vaca, é muito provável que desenvolva alergias a outros alimentos como ovos, amendoins, soja ou até carne de bovino. Consulte um profissional de saúde se tiver alguma preocupação.

Gerir a alergia ao leite de vaca

Se o seu bebé tiver sido diagnosticado, a alergia ao leite de vaca pode ser gerida com facilidade ajustando a dieta do bebé, e facilmente verificará que há muitas alternativas ao leite de vaca, como os leites de soja, aveia e noz. Não se preocupe se o seu bebé estiver a ser alimentado com uma fórmula, pois o médico pode receitar-lhe uma fórmula infantil especial. Mas se só estiver a amamentar, o médico deve pedir-lhe que elimine da sua dieta todos os produtos de vaca. Importa saber que, mesmo que um alimento esteja rotulado como isento de leite ou não lácteo, pode conter as proteínas do leite que são nocivas para o seu filho. Leia os rótulos atentamente e se mesmo assim não tiver a certeza o melhor é contactar o fabricante. Para verificar se o seu filho superou a alergia ao leite de vaca, é recomendável que seja examinado com uma periodicidade de 6 a 12 meses.

O leite de cabra é adequado para crianças com alergia ao leite de vaca?

Ao contrário da ideia popular, o leite de cabra não é uma alternativa adequada para crianças com um diagnóstico medicamente confirmado de alergia ao leite de vaca. A razão é que os leites de vaca e de cabra partilham grande número das mesmas proteínas.

Leave a Replylascia un commento