Para trás fica a rotina das creches, atividades diárias e horários programados… Chega o verão e com ele, as alterações dos nossos hábitos, sobretudo na alimentação.

Estas alterações influenciam ainda mais os nossos pequenos e devemos saber como atuar para facilitar-lhes a sua adaptação garantindo uma nutrição adequada e necessária.

Deixamos-vos aqui algumas ideias que vos ajudarão a enfrentar a alimentação durante o verão para as vossas crianças e bebés.

– Diminuí o apetite

O calor faz com que tenhamos menos vontade de comer e para além disso o nosso organismo não necessita de consumir tantas calorias para regular a nossa temperatura corporal pelo que necessitamos de comer menos do que o habitual.

Não se deve preocupar se notar que o seu pequeno tem menos apetite ou tem menos vontade de comer.

Um truque muito útil é oferecer-lhe sempre um prato único e que este contenha a nutrição completa. Os purés com arroz, frango ou massa são ideais.

– Pequeno-almoço com energia

É importante oferecer-lhes um pequeno-almoço nutritivo rico em vitaminas e cálcio que os ajude a enfrentar as atividades do dia. Para além disso deve contar com uma boa quantia calórica para conseguir a energia necessária.

– Horário de refeições

Apesar das inevitáveis alterações de horários e rotinas na alimentação devemos tentar seguir com as regras estabelecidas e manter as cinco refeições ao dia. As três refeições fundamentais, pequeno-almoço, almoço e jantar e as duas mais ligeiras a meio da manhã e da tarde.

Podemos ter uma certa flexibilidade para nos adaptarmos às atividades próprias do verão mas é importante manter as regras para regular o apetite dos pequenos e evitar que comam com pressa ou com demasiada sofreguidão.

Comer tranquilos favorece a digestão e evita problemas intestinais como os gases.

– Tempo de digestão

Conforme se tenha comido muita comida ou feito uma refeição mais leve o ideal é esperar entre 1 hora e meia ou duas horas para tomar banho. Uma paragem de digestão pode ocasionar tonturas, náuseas, vómitos ou desmaios.

É importante que os pequenos descansem um pouco depois das refeições para fazerem uma digestão correta e aproveitar para descansar e repor energia.

– Hidratação

Desde sempre que a hidratação é fundamental durante todo o ano mas no verão ainda é mais para enfrentarmos as altas temperaturas e o desgaste físico pelo aumento de atividade.

Devemos ter sempre à mão um biberão com água para lhes oferecer. Se ainda está a mamar ofereça-lhe tomas mais frequentes mas não é necessário dar água.

É recomendado dar aos mais pequenos alimentos ricos em água como frutas e legumes. Seja cortada aos pedaços ou na forma de um refrescante sumo.

Outras opções são os batidos de frutas, misturas macedónias com leite, queijo fresco ou iogurte que além disso fornecem o cálcio necessário.

– Esterilização

Alguns especialistas dizem que já não é necessário esterilizar frequentemente a partir dos 5-6 meses do bebé. No entanto, no verão a proliferação de germes aumenta, correndo o risco de eles contraírem gastroenterite. Portanto, o melhor é manter bons cuidados de higiene com os produtos de alimentação.

Compartilhe com seus amigos!

Leave a Replylascia un commento