As alergias e intolerâncias constituem reações anómalas a alimentos, razão pela qual é fácil confundi-las. Se souber aquilo de que está à procura, mais facilmente consegue ver a diferença.

Alergias alimentares

Uma alergia alimentar é um erro do sistema imunitário, ao considerar que uma inofensiva proteína alimentar é uma ameaça. O corpo reage à suposta ameaça e produz anticorpos para atacar a proteína alimentar, ao mesmo tempo que provoca sintomas desconfortáveis de alergia alimentar.

Sintomas de alergia alimentar:

  • Pieira
  • Irritação na língua, na garganta ou nos olhos
  • Lábios ou garganta inchados
  • Erupções cutâneas
  • Diarreia ou vómito
  • Nariz congestionado ou entupido
  • Tosse persistente

É mais provável que o seu bebé tenha uma alergia alimentar se houver um histórico familiar de alergias, incluindo asma, febre dos fenos e eczema. Nestes casos, é preferível falar com o seu médico antes do desmame.

Alérgenos alimentares mais comuns

Há alguns alimentos que provocam habitualmente reações alérgicas, pelo que devem ser introduzidos na dieta do seu bebé um de cada vez. Eis alguns deles:

  • Leite
  • Glúten
  • Ovos
  • Frutos de casca rija e manteiga de amendoim
  • Peixe e marisco
  • Soja

Se o seu bebé apresentar uma reação alérgica, não entre em pânico, contacte um profissional de saúde assim que verificar que há algo errado. Na maior parte dos casos o bebé não necessita de cuidados médicos imediatos. A consulta com o seu médico assistente permite-lhe discutir de que forma pode manter o seu bebé numa dieta saudável e equilibrada evitando certos alimentos. É também bastante frequente que os bebés cresçam e vão perdendo as suas alergias alimentares com o passar dos anos.

Alergias alimentares graves

Em alguns casos, raros, uma alergia alimentar pode afetar todo o corpo. Designa-se por anafilaxia e requer cuidados médicos imediatos. Se não for tratada, a anafilaxia pode colocar a vida em risco. Habitualmente, manifesta-se poucos minutos após o consumo do alimento ou da bebida, mas pode também demorar algumas horas.

Os sinais de alarme são:

  • Vermelhidão cutânea
  • Urticária
  • Boca ou garganta inchadas, o que dificulta a deglutição ou a fala
  • Aumento do ritmo cardíaco
  • Náuseas ou vómitos
  • Pieira
  • Queda da tensão arterial, o que pode provocar desmaios
  • Inconsciência

Regra geral, a anafilaxia é tratada com uma dose de adrenalina, que se pode injetar com um instrumento denominado EpiPen. As EpiPens são portáteis e fáceis de utilizar, pelo que vale a pena considerar a sua utilização se o seu filho tiver uma alergia grave.

Intolerância alimentar

Uma intolerância alimentar constitui uma reação negativa a um alimento, mas, ao contrário de uma alergia, não envolve o sistema imunitário. As intolerâncias não são tão agressivas como as alergias e não há qualquer risco de anafilaxia, mas o seu diagnóstico pode ser complicado.

Os sintomas de uma intolerância alimentar incluem:

  • Diarreia
  • Dores de barriga
  • Distensão abdominal
  • Excesso de gases

As intolerâncias alimentares podem demorar algumas horas a manifestar-se, razão pela qual são difíceis de identificar. Procure lembrar-se do que é que o seu filho comeu recentemente e fale com um profissional de saúde.

Leave a Replylascia un commento